O que é um fundo de investimento imobiliário?

Uma questão tem frequentado a mente dos investidores nos últimos meses após as constantes quedas na taxa Selic.

Que é: onde aplicar o dinheiro com uma boa taxa de rendimentos, porém com um perfil de risco baixo?

A resposta está nos fundos imobiliários, que é um tipo de investimento ainda pouco conhecido pelos brasileiros, mas que pode oferecer muito retorno com uma taxa de risco menor que aplicações como a bolsa de valores.

Se você não conhece esse tipo de investimentos leia esse artigo e aprenda o básico para começar a investir nesse ramo altamente promissor.

fundos imobiliários
fundos imobiliários

O que são fundos imobiliários na prática?

No conceito o fundo imobiliário é bem parecido com qualquer outro tipo de fundo disponível no mercado.

Um grupo de investidores entrega o dinheiro para uma empresa administradora e essa empresa, mediante uma taxa de administração, vai escolher os ativos e aplicar o recurso buscando o melhor retorno para os investidores.

A diferença para os outros fundos é que o fundo imobiliário a administradora vai aplicar em imóveis ou em papéis de renda fixa lastreados em imóveis.

Ou seja, equivale a você investir em imóveis, mas em vez de você comprar um apartamento para alugar, você aplica diretamente o dinheiro usando a bolsa de valores.

E toda a parte burocrática e chata de registro de imóvel e, a pior parte, conversar com o inquilino, cobra e etc. fica com a empresa administradora do fundo.

Assim, você fica somente com a parte boa que é receber o aluguel. Não parece um ótimo negócio?

Não só parece como é! Por misso milhares de investidores, todos os meses, estão aplicando nesse tipo de investimentos depois da queda dos juros básicos da economia.

Como investir em fundo imobiliário?

A parte do investimento é bastante simples e é outra vantagem imensa em relação a investir em um imóvel físico diretamente.

Compra um imóvel físico envolve pesquisar, visitar imóveis, analisar o local, observar a vizinhança, negociar com o vendedor, pagar taxas e mais taxas de transferências de propriedade.

Sem falar que precisa ter todo o valor do imóvel ou financiar parte do valor, dificilmente você consegue comprar meio imóvel.

Já a compra do fundo imobiliário é bem mais simples. Você abre o Home Broker da sua corretora preferida, escolhe em qual fundo quer aplicar o seu dinheiro e envia uma ordem de compra.

Dependendo de como você configurar a ordem, em algum poucos segundos, você já é proprietário de uma fração daquele fundo imobiliário.

E pode ser uma fração bem pequenas mesmo. Existem fundos imobiliários cujo valor de cada cota custa menos de cem reais.

Vale a pena investir em fundos imobiliários?

Depois de tudo que você já leu até aqui já deu para perceber que essa é uma pergunta retórica. E a resposta é um sonoro: sim.

Vale muito a pena investir nesse mercado. É uma das formas mais seguras e ágeis de investir em imóveis, ter uma fonte de renda mensal bastante confiável e não ter nenhuma dor de cabeça que um imóvel teria.

Por isso, não perca tempo e comece agora mesmo a estudar todas as possibilidades que esse mercado te oferece e saia na frente.

Nem que seja necessário vender o seu carro antigo para começar a comprar as primeiras cotas.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário e compartilhe essas dicas em suas redes sociais.