Mitos e verdades sobre as meias de compressão

Quando uma pessoa fica por um tempo prolongado de pé, tem um estilo de vida sedentário, hábitos como tabagismo e que faz uso de pílulas anticoncepcionais, o risco de adquirir problemas associadas à má circulação são altos, sendo um dos métodos de tratamento a meia de compressão.

No entanto, é preciso conhecer quais são os mitos e verdades sobre as meias de compressão e como usá-las com segurança.

Quais os mitos e verdades sobre as meias de compressão?

As meias de compressão são a fim de evitar e amenizar o surgimento de varizes, vasos, edemas linfáticos e outros, resultantes da má circulação. Elas podem ser adquiridas em loja de equipamentos médicos, mas é preciso verificar com o seu médico a real necessidade, uma vez que há meias que necessitam de receita para poderem ser compradas.

Confira a seguir os mitos e verdades sobre o uso de meias de compressão:

Mito: Não é um método de prevenção para varizes

Por mais que os problemas circulatórios devam ser tratados a partir de uma alimentação saudável e rotina de exercícios físicos, a meia de compressão também faz parte do tratamento, a qual deve ser utilizada de acordo com a graduação específica para cada estágio do problema circulatório.

Mito: Qualquer meia de compressão é indicada para má circulação

Somente as meias graduadas ajudam na prevenção de problemas circulatórios, há tipos específicos para edema linfático, pós gravidez, cirurgia de varizes e outras.

Verdade: Há meias de compressão indicadas para homens e diferentes tipos para mulheres

Há modelos de meia de compressão específicos para homens e mulheres, a única semelhança é que as mesmas são comercializadas em compressão suave, média, alta e extra-alta.

Verdade: Grávidas precisam usar meias de compressão durante a gestação

No período de gravidez o fluxo sanguíneo aumenta, além do crescimento do útero que realizar uma forte pressão nas veias, drenando o sangue em grande quantidade para os membros inferiores, o que causa o inchaço e influência no desenvolvimento de complicações venosas e dores.  

As meias ajudam a melhorar os problemas circulatórios e promover melhor o fluxo sanguíneo.

Mito: Todas as meias de compressão fazem o mesmo efeito

Cada meia de compressão é indicada para um tipo de problema circulatório específico, inclusive, a venda da maioria delas é realizada somente mediante a prescrição médica.

Verdade: Meias de suave compressão são indicadas somente para prevenção e bem estar

As meias de compressão suave podem ser usadas apenas para o bem estar e prevenção, são vendidas sem prescrição médica. Seu uso é indicado para quem usa pílula anticoncepcional, durante e após o período gestacional, para quem trabalha muito tempo em pé ou sentado, pessoas com pré-disposição genética a problemas circulatórios e outros.

Verdade: Meias de média compressão são indicadas para quem sente dor na perna à noite

As meias de compressão média podem ser utilizadas por pessoas que sentem dor nas pernas no fim do dia, onde sentem dores acentuadas, sofrem com inchaço e desconforto, além de possuir varizes nas pernas e no período pós-cirúrgico.  

Verdade: Meias de alta compressão devem ser usadas por pessoas com estágio avançado de inchaço ou varizes

No caso grave de inchaço, dores e doenças venosas, a meia de alta compressão é indicada, de acordo com um grau de compressão específico.

Verdade: Meias de extra-alta compressão são indicadas nos casos de úlceras varicosas e venosas

Esse tipo de meia é utilizado em casos graves como o de úlceras, lesões e doenças circulatórias em estágio avançado.

Verdade: No inverno as varizes aumentam

No período de frio, pessoas com estilo de vida sedentário e que possuem uma alimentação com alto consumo calórico, tendem a ter problemas como varizes e vasos nas pernas, devido a má circulação.

Mito: As meias de compressão não realizam o mesmo efeito após serem lavadas

As meias de compressão permanecem intactas se forem lavadas e conservadas conforme as instruções da embalagem.

Para garantir sua segurança, converse com seu médico sobre a real necessidade do uso de meias de compressão, pois há indicações específicas para cada caso.