O Poder do Hábito – O Livro que Revolucionou a Autoajuda

O Poder do Hábito

Você, com certeza, já ouviu falar no livro O Poder do Hábito, de Charles Duhigg.

Afinal, assim como eu, você deve ter tentado desenvolver alguns hábitos no âmbito pessoal e profissional ao longo da sua carreira.

Nos últimos anos, a obra se tornou referência para pessoas de todos os cantos do mundo e um best seller na categoria de livros de autoajuda devido aos seus ensinamentos valiosos.

Então, leia comigo esse resumo para saber como você também pode transformar a sua vida.

O Poder do Hábito
O Poder do Hábito

Veja abaixo ensinamentos do livro O Poder do Hábito, de Charles Duhigg:

Hábitos são repetições para O Poder do Hábito

Segundo o livro, osso cérebro sempre busca uma maneira de economizar energia. Uma das formas mais eficientes de fazer isso é por meio do hábito. Isso porque quando algo se transforma em uma rotina, você não precisa pensar sobre isso. Por não ser uma decisão consciente, você poupa energia!

A obra diz que qualquer hábito pode ser separado em 3 etapas repetitivas. São elas:

  • Deixa externa: nesta etapa, você tem uma influência de algo externo, como por exemplo o toque de seu despertador;
  • Rotina: aqui, vem a ação que segue o incentivo externo. Se o seu despertador toca, sua rotina é levantar da cama e escovar os dentes. Essa ação é realizada sem que você precise pensar sobre ela;
  • Prêmio: por último, temos a recompensa do hábito. Ao escovar os dentes, você obtém uma sensação refrescante na boca. Por tratar-se de algo satisfatório, o seu cérebro registra a atividade como algo que vale a pena ser feito, o que, finalmente, conecta as 3 etapas.

Hábitos são flexíveis

Um estudo apontado na obra diz que pessoas com danos cerebrais, por mais que não conseguissem lembrar de seus endereços e outras informações importantes, ainda conseguiam lembrar de hábitos antigos e até mesmo formar hábitos novos.

Isso acontece porque a criação de hábitos acontece em uma parte do cérebro que continua funcionando mesmo que o órgão seja danificado. Ou seja, eles fazem tão parte de nós que, mesmo quando há perigo para o cérebro, eles sobrevivem.

O lado ruim disso é que existe a possibilidade de recaída quando você se livra de hábitos prejudiciais. É o caso, por exemplo, do hábito de fumar.

Leia também → Comprar Gás de Cozinha Pela Internet

Mudar um hábito requer o redirecionamento

É muito, muito difícil ignorar um hábito. Afinal, como você já viu, ele está intrínseco em nós. Então, como podemos criar uma nova rotina?

Segundo O Poder do Hábito, o que você precisa fazer é redirecionar desejos, tarefas e rotinas para o novo hábito. Se você quer parar de fumar, por exemplo, o ideal não é que você ignore o desejo de um cigarro.

Nesse caso, o certo é redirecionar essa vontade para algo mais produtivo, como por exemplo uma caminhada. Caso isso não tire o seu pensamento sobre o fumo, você pode redirecionar para algo mais trivial, como mascar chiclete.

A força de vontade é essencial

Se tem uma coisa que a obra reforça é que a força de vontade é extremamente importante. No livro, é destacada uma pesquisa da universidade de Stanford realizada com crianças de 4 anos.

O resultado mostra que aquelas que têm mais força de vontade para não comer um marshmallow serão mais bem-sucedidas na vida acadêmica e social.

A força de vontade é o primeiro passo para mudar qualquer hábito. É preciso querer e almejar um objetivo antes de partir para a ação. E, felizmente, a força de vontade é, sim, uma habilidade que pode ser aprendida!

Existem hábitos que podem transformar sua relação consigo mesmo

Você provavelmente já ouviu falar sobre “cuidar da própria vida”, certo? Bem, essa é uma das principais lições de O Poder do Hábito. Segundo o autor, manter o foco em atividades e problemas que dizem respeito somente a você mesmo é a melhor forma de manter a paz.

Pode soar egoísta, mas na verdade esta é uma dica valiosa para qualquer âmbito da sua vida. Mesmo no trabalho, situações de crise nas quais você pode ajudar, mas não são diretamente relacionadas a você, criam o senso de urgência nos demais departamentos e nos colegas de trabalho.

Além disso, ao desenvolver o hábito de cuidar de sua própria vida, você deixe de ser uma “esponja”. Ou seja, uma pessoa que absorve os problemas de todas as outras e acaba se prejudicando com isso.

Essas são apenas algumas das lições valiosas que O Poder do Hábito pode ensinar a você. Durante a leitura, você será capaz de identificar hábitos positivos e prejudiciais na forma como você lida com a vida. Além disso, contará com dicas muito importantes sobre como é possível transformar os seus hábitos e criar rotinas que condizem com os seus objetivos de vida mais importantes.

Portanto, não perca essa leitura e aproveite as oportunidades oferecidas pelo autor da obra para alcançar o sucesso que você sempre quis e sonhou.